No mundo do marketing, estar “offline” (desligada), significa a ausência da empresa em no meio digital.

Estar “Online” (ligado) representa a sua marca acessível e que todos no mundo possam, ver por meio de ferramentas e plataformas, a sua empresa ou negócio.

Não importa o ramo do seu negócio, da área onde você atua, o negócio obrigatoriamente tem que estar na Internet, rede mundial de computadores.

Estar online hoje em dia quer dizer divulgar sua marca, produtos ou serviços para o mundo todo. muito mais do que divulgar, você pode ser reconhecido pelos seus clientes e ser encontrado por novos clientes mesmo que sua empresa atue localmente na sua cidade ou região.

O meio digital disponibiliza ainda outras vantagens e que não necessariamente podem ser ligado apenas a investimento, mas também deve ser encarado como uma ferramenta que possibilita até a redução de custos e resultados de vendas.

Isso só acontecerá e gerará resultados se houver um bom planejamento e um ótimo profissional para te mostrar em detalhes que fazem uma grande diferença para a empresa, os primeiros passos no mundo digital!

O 4 passos para deixar sua empresa online

1) Faça um site

O começo de tudo certamente é criar um bom site considerando um visual agradável e conteúdo organizado e com informações claras e objetivas.

Algumas características do setor em que atua podem dar dicas de cores e símbolos que podem ser usados pelo profissional de marketing que desenvolverá seu site.

Um bom profissional vai unir objetivos e valores com o que se tem na área de atuação da empresa. A partir daí, e também usando outras ferramentas, é possível entregar aos seus clientes e colaboradores o que eles estão buscando no meio virtual.

2) Crie um Blog

Distribuir conhecimento é uma maneira incredível de apresentar sua empresa ou negócio ao mundo. Contrariando o que se tinha há alguns anos, o blog hoje é uma plataforma levada a sério, especialmente quando ele está associado a uma marca,produto ou serviço.

Atualmente não se vende mais com a publicidade do “compre ou confira este preço”. O ccliente precisa entender a importância da sua empresa (ou serviço) e os benefícios que pode proporcionar a ele.

Essa conversão deve ser feita atravéz de bom conteúdo, com assuntos interessantes e pensados para o seu público específico, as personas ou buyer personas (veremos isso mais adiante).

3)Presença nas redes sociais

Atualmente estar online necessita da presença do seu negócio na internet. Claro que seu público poderá estar em diversas redes sociais, umas mais do que na outra, mas ter uma fanpage no Facebook é indispensável.

O marketing pode direcionar qual a melhor rede social para você estar baseando-se nos seus clientes.

Ainda que sua empresa esteja presente nas principais redes sociais, saber a melhor rede social para se comunicar com o provável cliente pode facilitar e muito as vendas.

Além disso, redes sociais devem ser alimentadas frequentemente.

4) Envio de e-mail marketing e/ou newsletter

O envio de e-mails também éuma forma de estar online e mostrar ao seu consumidor que você está antenado e quer deixar ele atualizado também.

O e-mail marketing, conteúdo mais voltado para venda, ou mesmo o newsletter, quando as empresas enviam notícias, são ferramentas importantes no mundo digital.

A obtenção dos e-mails pode ser feita a partir da iniciativa do próprio cliente. Quando o consumidor procura a empresa e se cadastra para receber novidades na sua caixa de entrada, está dizendo que quer ter exclusividade e que espera informações, promoções e ofertas.

Portanto, corresponda a esta expectativa.

Sua empresa online!

Os quatro pontos acima são básicos para qualquer empresa setornar online e podem garantir um resultado efetivamente melhor para os negócios, independentemente do setor em que atua.

Existem muitos mitos e medos que atrapalham os pequenos empresários apostar nesta relação virtual com seus clientes, mas se pensar bem, o que está em jogo são as grandes oportunidades que o meio traz e você não quer ficar fora disso, não é?

Exemplificando:

Redes sociais se tornaram uma extensão da plataforma do Serviço Atendimento ao Cliente, também conhecido como SAC (No meio digital conhecido como SAC 2.0).

Empresas que possuem um sistema ou um profissional (ou mais) para este setor está preparado para um dar um suporte ao consumidor, mas as empresas que estão nas redes sociais podem fornecer o mesmo suporte e ainda de quebra tem a possibilidadede transformar dúvidas em vendas.

A empresa que tem um site mostra mais credibilidade. Todo cliente que pretende contratar um serviço ou comprar um produto busca na internet para conhecer mais detalhes daquilo que lhe interessa e o site é o impacto inicial, positivo ou negativo, na jornada de compra do cliente.

A empresa que não está online, ou está de forma capenga sem utilizar as ferramentas disponíveis, acaba perdendo para o concorrente que faz a lição de casa digital. Se o concorrente se apresentar  digitalmente de forma clara vai “roubar” seus clientes e seu faturamento.

Não se pode abrir brechas para a concorrência e se ninguém na sua área faz é uma grande oportunidade de fazer, sair na frente, dominar o mercado e “roubar” o cliente dos outros que nãotempresença digital!

Investir em marketing digital não é caro e com um bom planejamento sua empresa, não importa o tamanho, pode ter bons resultados. Muitas vezes com resultados expressivos no faturamento da empresa.

Para manter o negócio girando é preciso tomar boas decisõesinvestir corretamente e contar com bons profissionais que vão te auxiliar na missão de prosperar.

E se eu não tenho dinheiro para investir?

Aí você me diz: Mas Alex, eu tenho um serviço, mas não tenho dinheiro para começar, o que devo fazer?

No caso da falta de recurso, a presença digital mínima para sua existência pode e deve ser a Página do Facebook. Use as técnicas disponíveis, muitas disponíveis aqui no blog,

DEIXE SUA OPINIÃO

Muito bom você aqui!

Vamos começar bem?

Deixe seu e-mail para enviar atualizações.

Verifique seu e-mail!