Se você já pesquisou a respeito de SEO (Search Engine Optimization, otimização de sites para motores de busca), você provavelmente deve ter se deparado com referências à tag H1. O que seria essa tag H1, onde ela aparece, e como você deve utilizá-la para melhorar o seu site?

Neste post, abordarei alguns dos melhores usos para as tags H1 para aprimorar o SEO do seu site, e também a experiência do usuário.

O que é a tag H1 e onde ela é utilizada no WordPress?

Não preciso elaborar muito a respeito disto porque imagino que a maioria de nossos leitores já é, no mínimo, familiar com as tags H1. Mas caso você não seja, refresque sua memória:

Headings (títulos ou cabeçalhos), os quais possuem diversos tipos, te ajudam a organizar o conteúdo da sua página. H1 (abreviação de “heading 1“) normalmente é o maior heading, com cada heading subsequente (H2, H3, etc.) sendo de menor importância.

Em quase todo tema do WordPress, a tag H1 é automaticamente aplicada ao título do post ou da página. Por exemplo, aqui está um post padrão com o tema Fictive:

É possível ver que o título está encapsulado por <h1>.

Basicamente, as tags H1 comunicam o seguinte para os seus leitores epara os motores de busca:

A página INTEIRA é sobre este assunto.

As tags H1 não são iguais à tag “title” que poderia ser introduzida através de um plugin para SEO como o Yoast. A tag “title” é a que o Google usa em seus resultados de busca, enquanto a tag H1 é exclusivamente um elemento próprio da página.

Como e quando é importante utilizar as tags H1?

Tags H1 são importantes principalmente por dois motivos:

  • Experiência do usuário
  • Otimização do site (SEO)

Para maximizar esses dois aspectos do seu site, você deve fazer o possível para implementar uma tag H1 em cada página do seu site. A grande maioria das páginas na web usam uma tag H1 – em torno de 80% dos resultados da primeira página de busca do Google possuem essa tag.

Tags H1 ajudam usuários a entenderem e navegarem pelo seu conteúdo

Quando um visitante chega a alguma página, ele costuma permanecer por apenas 10 a 20 segundos, a não ser que a página possua uma ‘proposta de valor’ clara.

A sua tag H1 é responsável por fornecer essa proposta de valor e dizer aos visitantes que eles chegaram ao lugar certo para conseguir aquilo que procuram. Nas palavras da própria Google, “tags de heading são um componente importante do website para capturar a atenção do usuário”.

Observe este post, por exemplo – se você estivesse procurando informações sobre “como usar tags H1”, qual dessas duas páginas mais te atrairia a continuar lendo?

Página A: uma página que pula direto para o texto regular:

Página B: uma página com o bom e velho cabeçalho:

A resposta é claramente Página B, certo?

E há mais uma consideração a fazer: tags H1 tornam o seu site mais acessível para pessoas que utilizam leitoresde tela.

Entretanto, tags H1 não se tratam apenas de experiência de usuário. Elas também possuem um efeito na otimização do site, porém, não tanto quanto possuíam no passado.

Tags H1 para SEO (Otimização de Sites)

No passado, as tags H1 eram consideradas elementos essenciais para o SEO dentro da página. Já hoje em dia, se elas ainda possuem algum efeito, o mesmo chega a ser limitado.

Para fundamentar o que eu disse, vou citar o Rand Fishkin, do Moz.com:

Eu diria que usar tags H1 e H2 são boas práticas, mas elas não vão transformar ou ampliar incrivelmente os seus rankings. Elas não estão tão associadas a bons rankings.

Aliás, o Moz teve problemas em perceber quaisquer mudanças entre usar tags H1esimplesmente… deixar o texto maior sequer usando uma tag H1.

O que é interessante: o Moz cumpre o que prega nesse post. Se você analisar o código fonte do blog deles, verá que o Moz não usa tags H1 em seus posts. Em vez disso, optam por simplesmente aumentar o tamanho de uma tag H2 utilizando CSS:

Mas enquanto a tag H1 não é mais essencial para otimização da página como era no passado, ela ainda é um fator importante por algumas razões.

Primeiramente – taxa de rejeição (bounce rate). Por mais que apenas a Google saiba os números exatos, os 150 profissionais em SEO que o Moz entrevistou acreditam tanto no impacto da taxa de rejeição que a colocaram em 6º lugar em um ranking de importância dos influenciadores de ranking de página. Essa taxa recebeu 6.57 pontos em uma escala de 1 (não influencial) a 10 (altamente influencial).

Como a tag H1 é o elemento que captura a atenção do leitor e o mantém na página, ela pode influenciar seu SEO indiretamente.

Em segundo lugar – a sua tag H1 pode te ajudar a conseguir snippets destacados nos resultados de uma busca no Google. Logo mais explicarei a respeito disso.

Qual a Melhor Maneira de Utilizar Tags H1 para SEO e Experiência do Usuário

Antes que prossigamos, vou esclarecer uma coisa:

Na maioria das vezes, você deve utilizar apenas uma tag H1 por página. A Google, através de Matt Cutts, acabou sendo um pouco confusa ao falar sobre o assunto, dizendo que enquanto normalmente uma é o suficiente, pode-se utilizar mais se for logicamente necessário. O Bing, por outro lado, diz para você usar só uma tag H1 (caso alguém se importe com o Bing!).

Feito isso, aqui vão as melhores práticas e dicas de como utilizar a sua tag H1…

Como Adicionar uma Tag H1 no WordPress

Se você está utilizando um tema do WordPress bem programado, você não precisará se preocupar em editar o código fonte por conta própria quando for fazer postagens regulares. Como dito antes, praticamente todo tema do WordPress deve utilizar a tag H1 para o título de uma página ou post (exceto em páginas arquivadas).

No entanto, vale a pena conferir se isso está acontecendo de fato. Você pode utilizar as Ferramentas de Desenvolvedor do seu browser para isso. E caso queira saber, o tema Diviusa tags H1 para títulos em páginas singulares e tags H2 para títulos em páginas arquivadas.

Na maioria das vezes, você só precisará colocar sua tag H1 manualmente se estiver usando o Divi Builder (ou outro construtor de páginas).

No Divi, você pode colocar uma tag H1 usando o módulo Text (ou Texto) e selecionando Heading 1 (ou Cabeçalho 1) no menu:

E quanto ao conteúdo da sua tag H1…

Tags H1 Não São Feitas para Forçar Palavras-Chave

A partir de 2010, o Moz não recomenda mais que as pessoas “usem tags H1 com palavras-chave”. Aliás, eles consideram isso um dos “maiores erros de SEO que o SEOmoz já cometeu“.

De acordo com eles, palavras-chave são importantes para tags de título, mas não é preciso se sentir obrigado a forçá-las na sua tag H1.

Porém, outros profissionais de SEO, como Brian Dean da Backlinko, recomendam, sim, a inclusão da palavra-chave da página na tag H1.

Basicamente, você vai encontrar opiniões diferentes a respeito dessa questão. Mas, no final das contas, acredito que essa deve ser a sua principal lição:

Concentre-se em deixar a sua tag H1 precisa e informativa para seus visitantes humanos. Se você conseguir fazer isso, e ainda por cima incluir uma boa palavra-chave, ótimo. Mas nunca sacrifique a ajuda ao visitante só para conseguir encaixar uma palavra chave.

Entretanto, Tags H1 Podem Te Ajudar com Snippets em Destaque

Uma área na qual a sua tag H1 pode te ajudar é a dos snippets em destaque do Google. Se você não sabe do que se trata, é esse elemento único que o Google retorna para algumas buscas:

Enquanto esses snippets podem aparecer em vários tipos de pesquisas diferentes, um dos mais comuns é a pesquisa de “como” fazer X.

De acordo com a Adobe, usar uma tag H1 que combina com a pesquisa “como” relacionada ao assunto do seu texto é uma maneira de te ajudar a conseguir um snippet em destaque. Adicionalmente, há conversas a respeito disso nos comentários deste Whiteboard Friday no Moz discutindo a mesma ideia.

Entretanto, tags H1 são só uma parte do processo para conseguir snippets em destaque. Se você quer um guia completo para otimizar o seu conteúdo para conseguir o snippet, o SEMrush tem um bom post a respeito.

Para Encerrar

As tags H1 não são mais o ‘ingrediente fundamental’ do SEO como eram no passado. Mas isso não quer dizer que elas deixaram de ser importantes. Elas ainda são o trecho de texto mais proeminente na maioria dos websites.

Por esse motivo, concentre-se em deixar a sua tag H1 bem descritiva sobre o conteúdo da sua página. Seus visitantes devem entender instantaneamente a informação exata que seu texto lhes transmitirá se eles continuarem lendo.

Se você conseguir fazer isso, e ainda conseguir incluir uma palavra-chave – ótimo! Certamente isso não vai prejudicar o seu SEO, e pode até acabar ajudando-o. Mas nunca se sinta induzido a escrever um título confuso só para encaixar uma palavra-chave.

Agora é com você – como você prefere usar tags H1 nas suas páginas?

DEIXE SUA OPINIÃO

Muito bom você aqui!

Vamos começar bem?

Deixe seu e-mail para enviar atualizações.

Verifique seu e-mail!